Menu

Culto Online

DISCIPULADOR, UM PAI AMOROSO CUMPRINDO O PROPÓSITO DE DEUS | PR. DOMINGOS JARDIM

Perguntas para cada membro da célula responder
1. Você estava presente no culto de celebração no domingo?
2. Você estava presente no TADEL ontem?
3. Quem é o seu discipulador? Que dia e hora vocês se encontram?
4. Quem são seus discípulos? Que dia e hora você os encontra?
5. Quem são seus GE’s? Que dia e hora você os encontra?

 

DISCIPULADOR, UM PAI AMOROSO CUMPRINDO O PROPÓSITO DE DEUS.

João 21.1-22

 

Introdução: Nesse texto encontramos a manifestação relacional do discipulado como paternidade, o senhorio de Jesus, o exercício do amor, cuidado e autoridade.

Nesse texto Jesus chamou os seus discípulos de filhos, e fez o papel de um verdadeiro Pai espiritual.

Por que Jesus chama os discípulos de filhos se na verdade eles são seus irmãos, e, consequentemente, filhos de Deus? Porque um discipulador é um pai para seus discípulos.

Vejamos qual deve ser as funções de discipulador que imita a Jesus.

 

  • O BOM DISCIPULADOR PROVÊ A RENOVAÇÃO DAS ENERGIAS DE SEUS DISCÍPULOS DANDO-LHES O QUE COMER (VS. 5).

 

Você só vai poder orientar seus discípulos se antes atender as necessidades pessoais deles.

 

2) O BOM DISCIPULADOR DEVE DEMONSTRAR INTERESSE, E COOPERAR PARA O SUCESSO DE SEUS DISCÍPULOS (v. 6).

 

Não há nada mais gratificante do que ver os nossos filhos discípulos colecionando conquistas, vitórias e triunfos em todas as áreas de suas vidas. Eles são nossas “latinhas” transformadas em troféus…

 

3) UM BOM DISCIPULADOR SOCORRE OS SEUS DISCÍPULOS QUANDO ELES FRACASSAM (vs. 3,4).

 

Todos devem ter o direito de errar sem ser discriminado, sem ser reprovado, isolado, rejeitado, deixado para trás.

Correção sim, eliminação nunca! Corrija o erro, preserve o relacionamento, salve a pessoa, restaure o ministério.

Considere o histórico, as motivações dos seus discípulos, antes de discipliná-los.

“E ele se inspirará no temor do Senhor. Não julgará pela aparência, nem decidirá com base no que ouviu” (Isaias 11.3).

 

4) UM BOM DISCIPULADOR CUIDA PARA QUE O FERVOR MINISTERIAL DOS SEUS DISCÍPULOS NÃO SE ESFRIE (v. 9).

 

Por isso, Ele os mantém à beira do fogo do Espírito Santo…

Há momentos em que os que estão sob nossa autoridade espiritual passam por um esfriamento na relação discipulo-discipulador, discípulo e o cumprimento da missão.

É preciso reaquecê-los com as chamas calorosas do amor de Deus.

O único combustível que mantém um discípulo na continuidade da missão é o amor ao Senhor, o amor ás pessoas, o temor do Senhor, assistido e orientado pelo discipulador.

 

5) – O BOM DISCIPULADOR DEVE ORIENTAR OS SEUS DISCÍPULOS NA PESCARIA DE VIDAS (v.6).

 

Às vezes, os discípulos preferem o lado esquerdo da missão, o lado do fracasso… É aqui que o exercício da autoridade do discipulador interage com o amor: “Lancem a rede do lado direito do barco e vocês encontrarão”

 

6) – UM BOM DISCIPULADOR CELEBRA AS CONQUISTAS DOS SEUS DISCÍPULOS… (V. 10).

 

Jesus pegou alguns dos peixes que eles haviam pescado para assar e comer com eles.

 

7) –  O BOM DISCIPULADOR ENSINA OS SEUS DISCÍPULOS A DISCERNIR ENTRE O TEMPO DE TRABALHAR E O TEMPO DE DESFRUTAR DO SEU TRABALHO (vs. 12,13). “Venham comer.”

 

Devemos nos reunir com os nossos discípulos para avaliar o trabalho semanal, mas ao mesmo tempo, temos que promover momentos agradáveis antes das correções, nos alegrando com as coisas boas.

 

8) – O BOM DISCIPULADOR SERVE AOS SEUS DISCÍPULOS (v. 13).

 

“Jesus aproximou-se, tomou o pão, deu a eles, fazendo o mesmo com o peixe.”

Lembre-se de servir para suprir as necessidades dos seus discípulos …

 

9) –  O BOM DISCIPULADOR GOSTA DE ESTAR NA COMPANHIA DE SEUS DISCÍPULOS (v. 14).

 

“Esta foi a terceira vez que Jesus apareceu aos seus discípulos, depois que ressuscitou dos mortos.”

>>. Jesus veio estar com seus discípulos…

A presença do pai discipulador é um presente para os filhos espirituais. Acalma, gera um senso de importância, de segurança. É uma presença consoladora, motivadora, encorajadora.

 

10) – O BOM DISCIPULADOR CONFRONTA OS SEUS DISCÍPULOS COM AMOR E  FIRMEZA (vs. 15-17).

 

“Depois de comerem, Jesus perguntou a Simão Pedro: “Simão, filho de João, você me ama mais do que estes?”

Jesus o confronta na beira-mar porque foi ali que Pedro estava quando Jesus o chamou pela primeira vez para ser pescador de vidas (Lucas 5.1-11).

Jesus confronta  Pedro ao lado da fogueira porque foi à beira da fogueira que ele o havia negado.

Jesus perguntou três vezes “você me ama,” porque Pedro O negara por três vezes.

Jesus buscava através da confrontação, resgatar a identidade, o destino e a missão do seu discípulo amado.

O discipulador que não confronta o seu discípulo, não chega a lugar nenhum:

>> Ele não se vê como pai do seu discípulo, ou seja, a paternidade espiritual ainda não foi assumida.

>> Ele não ama o seu discípulo com amor paterno.

>> Ele não ama Jesus a ponto de querer imitá-Lo como discipulador.

>> Ele transfere a responsabilidade do ensino do seu discípulo a outrem…

>> Ele não entendeu o seu papel como pai discipulador.

 

11) – O BOM DISCIPULADOR PERDOA OS SEU DISCÍPULO  E RESTAURA-LHE PARA A MISSÃO (vs. 15-17).

 

“Disse Jesus: “Cuide dos meus cordeirinhos” – v.15

Não limite o perdão ao seu discípulo. O que o discípulo fez, faz, fala dele… mas a sua reação denuncia a você.

 

CONCLUSÃO

Não há nada que um discípulo posso fazer que o destitua da sua posição de filho.

O dever do discipulador é devolver ao discípulo o lugar que ele ocupava antes da queda, e isso deve ser feito com muita oração e prudência…

O bom discipulador usa a verdade para reafirmar aos discípulos o que espera deles.

O discipulador é um pai amoroso cumprindo o propósito divino na terra.

 

COMUNICADOS:

16 de Março – HOMENS COM PROPÓSITO – Alinhando Gerações – Pr. Domingos e Davi Jardim – na Rua Goiás, às 20hs

24 de Março – MULHERES COM PROPÓSITOS – Jennifer Silveira – Rua Goiás, 17, às 15hs.

Próxima terça-feira 20/03 – QUILO DO AMOR + SEMANA DE IMERSÃO – Prepare sua célula para entregar o quilo e receber os pastores que virão para a Semana de imersão. Vamos fazer uma grande festa!!

06 a 08 de Abril – NOVA DATA – FACE A FACE PARA HOMENS: Inscrições na secretaria da igreja.